Skip to content

Corinthians fatura o penta do Brasileirão Antes do início do jogo, atletas do Timão homenageiam Sócrates com tradicional comemoração do ídolo

4 de dezembro de 2011

UM BANDO EM ÊXTASE: TIMÃO EMPATA CLÁSSICO E CONQUISTA O TÍTULO BRASILEIRO

Em jogo de quatro expulsões e briga entre os jogadores, Corinthians fica no 0 a 0 contra Palmeiras, no Pacaembu, e sagra-se campeão pela quinta vez

Willian, Corinthians x Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli/Globoesporte.com)

Em um campeonato marcado pelo equilíbrio técnico, venceu quem foi mais regular. Líder em 27 das 38 rodadas, o Corinthians teve de esperar até o último jogo para celebrar seu quinto título brasileiro. A festa em um Pacaembu lotado só veio depois do sofrimento que a Fiel tanto aprendeu a saborear ao longo de 101 anos de história. Com o arquirrival Palmeiras disposto a estragar qualquer comemoração, o Timão lutou para superar o nervosismo, empatar por 0 a 0 e voltar a ser campeão nacional depois de seis anos. No fim do clássico, uma briga generalizada entre os jogadores manchou a rodada decisiva.

A difícil igualdade no clássico, que teve Valdivia, Wallace, João Vitor e Leandro Castán expulsos no segundo tempo, foi mais do que suficiente para a taça voltar ao Parque São Jorge. No Rio, o Vasco não passou de um empate por 1 a 1 contra o Flamengo, no Engenhão, e ficou com o vice-campeonato. O Timão encerra o Brasileirão com 71 pontos contra 69 dos cariocas. Já o Palmeiras fica com 50, em 11º, classificado para a Copa Sul-Americana.

Os comentários estão desativados.