Skip to content

Relação entre Diogo e Totó pode ser mais forte do que imaginam…

27 de dezembro de 2010

Diogo é parceiro de Totó em Passione - Divulgação/TV Globo
Mais uma reviravolta em Passione, na reta final da trama de Silvio de Abreu. Ao mesmo tempo em que planejou com a amante, Clara (Mariana Ximenes), o assassinato de Totó (Tony Ramos), Diogo (Daniel Boaventura) esteve todo o tempo mancomunado com o italiano, que se finge de morto e volta no final da trama para desmascarar a mulher.
“Essa versão não é incoerente. Ela ronda a minha cabeça até porque Diogo não atira no italiano”, disse Daniel ao jornal Extra.
A cena do assassinato será gravada nesta segunda (27), horas antes de ser exibida. Daniel Boaventura disse que se surpreendeu com o rumo de seu personagem.
“Não imaginava que fosse ter essa proporção. Quando entrei, a novela já era sucesso e não podia ser o elo fraco da trama, tinha a responsabilidade de não deixar a peteca cair. E acho que venho conseguindo. Estou sentindo isso forte. A abordagem das pessoas, logo nas minhas primeiras aparições, já era diferente. A amplitude do Diogo é maior do que a do Adriano de Malhação, o professor que fiz há três anos”, disse ele ao jornal.

Os comentários estão desativados.