Skip to content

Agora vai: Daniela Beyruti entra de vez na Direção do SBT e com objetivo de se consolidar definitivamente na vice-liderança

27 de dezembro de 2010

http://audienciadatv.files.wordpress.com/2009/08/foto_capa_materia1.jpg?w=384&h=236&h=181

Toda a imprensa já sabe da novidade da vez, Daniela, filha de Silvio Santos comandando a programação do SBT. Dessa vez ela veio pra ficar, porque até então o pai, dono da emissora, entregou tudo na mão da filha e ficará agora só dando ordens e fiscalizando pessoalmente o Banco PanAmericano, segundo fontes, o próprio já desistiu de tanto mudar e nada dar certo, jogou a responsabilidade para a filha. E parece que a coisa vai andar mesmo. A ordem no SBT é única, programa com menos que 5 de média sai fora da grade, já bateram o martelo. Ordem que chegou com muito espanto na produção do Ratinho, que está em novo horário e dando muito mais espaço para o DNA. O programa gira em torno de 4 e 5 de média, se esses resultados não melhorarem o programa virará um semanal. Programas no qual já foram extinto da grade são o Boletim de Ocorrências e Casos de Família, ambos não chegavam a 4 de média, notícia que antes já foi alertada aqui no nosso blog.

http://ocanal.files.wordpress.com/2010/12/sbt_novidades.jpg?w=300

Para ocupar as tardes do SBT, voltaram a reprisar episódios de Chapolim. Novas reprises de novelas que foram sucesso entraram no ar como uma delas que já está escalada é Maria Esperança. Seguindo, a emissora aposta na também volta do seriado Chuck, por conter episódios inéditos e que no horário antigo, conseguia chegar fácil, fácil nos 6 pontos. Também tem a volta do Cinema em Casa, exibindo filmes a partir das 17h30. O principal jornal da casa, SBT Brasil, será exibido mais tarde, passado para às 19h45. E o verdadeiro trunfo de toda essa jogada será mesmo no horário das 8h30. Apostando em formatos novos e revolucionários na TV Brasileira. Muitas coisas virão em 2.011 no SBT, muita coisa será reformulada e espere concerteza, muita surpresa.

Os comentários estão desativados.